São Gonçalo

São Gonçalo EC vence e é lider do Grupo E

Na inauguração do Clube Esportivo Mauá como sua nova casa, o São Gonçalo EC se reabilitou na competição ao vencer o Queimados e se tornar líder do Grupo E. Tarcísio, Eduardo e Marcos Vinícius marcaram na vitória de 3×0.
Fotos: Jéssica Farias/Futebol Gonçalense
Com o resultado, os gonçalenses assumiram a liderança de seu grupo, com seis pontos ganhos. São José, segundo lugar e Queimados, terceiro, também possuem seis pontos, porém são superados no saldo de gols. Na lanterna está o São Gonçalo FC, que ainda não pontuou.
A rodada marcou o encerramento do primeiro turno da segunda fase da competição. Agora, as equipes voltam a campo no próximo final de semana quando iniciam o returno desta segunda etapa.
O JOGO

Tentando esquecer o resultado do meio de semana, quando foi derrotado pelo São José fora de casa, o São Gonçalo EC entrava em campo com a responsabilidade de vencer e espantar uma possível má fase. Sem sua torcida, que não pôde participar da inauguração do novo estádio, o treinador Leonardo Mello falou sobre o confronto contra a equipe da baixada fluminense:
” Estamos vindo de uma derrota, mas o elenco não se abateu. Primeiro formamos o sonho de não tomar gols e quando tomamos o primeiro, passamos a sonhar com não perder nenhum jogo, mas a derrota acabou vindo e Deus me mostrou que isso é normal e tentei passar isso ao nosso elenco. O resultado negativo faz parte da caminhada e hoje passamos a ser uma equipe com uma nova realidade que apenas busca nosso objetivo que é subir pra segunda divisão.”
Guilherme foi mais uma vez o principal articulador do SGEC
Debaixo de muita chuva a bola rolou e nem mesmo o campo pesado impediu que as equipes começassem o jogo em um ritmo muito forte. Marco Brito, que teve excelente atuação, criou a primeira chance logo aos 4 minutos em um chute sem ângulo. O Queimados respondeu após saída de bola errada dos gonçalenses que resultou em chute de Gil que passou raspando a meta defendida por Sílvio Luiz.
A partida seguia disputada e com jogadas muito rápidas. Aos 11 minutos, Tarcísio recebeu na lateral-esquerda, avançou no corredor e bateu cruzado no pé da trave do goleiro Filippe, que só observou. Os donos  da casa passaram a exercer pressão e Marco Brito, após bom passe de Guilherme, jogou por cima do gol.
Sem conseguir tirar o zero do placar, o SGEC passou a se lançar ainda mais ao ataque e Marcos Vinícius foi quem desperdiçou boas oportunidades de abrir o marcador. Na primeira, após ficar frente a frente com o goleiro, chute prenssado na zaga. Na segunda, cruzamento milimétrico de Marco Brito que terminou na finalização torta do centroavante após ficar livre na pequena área. Fim de primeiro tempo e 0x0.
JUNTO COM O SEGUNDO TEMPO VIERAM OS GOLS

Na volta do intervalo, mudanças apenas no uniforme do Queimados, que trocou sua camisa alvinegra por outra um tanto eclética.
Marcos Vinícius deu trabalho a defesa do Queimados
Com a bola em jogo, o Queimados passou a jogar mais fechado e tentando a fuga nos contra-ataques. Restava ao São Gonçalo EC os chutes de fora da área que não tinham lá muita direção. Aos 13 minutos, o grito de gol que estava entalado na garganta quase saiu para os gonçalenses. Marcos Vinícius tabelou com Vítor Torres, recebeu na frente e tocou por cima do goleiro, a bola bateu caprichosamente na trave e percorreu toda a extensão da linho do gol até que o zagueiro Leo afastou.
Aos 18 minutos porém, a forte pressão do time da casa finalmente resultou em gol. Tarcísio recebeu na ponta esquerda e tentou o cruzamento, a bola ganhou efeito e morreu dentro da rede adversária, 1×0 para o São Gonçalo EC.
Veio a parada técnica que serviu para acalmar o Queimados que conseguiu se segurar por mais 10 minutos, até que aos 32, Eduardo, que acabara de entrar, driblou o goleiro e empurrou para o gol vazio. 2×0 e alívio no placar.
A partir do segundo gol, o ritmo da partida caiu e as equipes passaram a tocar a bola. O Queimados tentava chegar ao ataque, mas esbarrava na falta de criatividade de seus articuladores e nos muitos impedimentos em que seu atacante Celsinho se encontrava.
Aos 40 minutos veio o golpe de misericórdia. Eduardo mais uma vez foi acionado em bola muito veloz, que exigiu que o atacante se jogasse para deixar Marco Vinícius livre para fazer o gol sem goleiro para atrapalhar. 3×0 e números finais ao jogo. Depois disso, foi só esperar o tempo passar pra comemorar mais uma vitória, a décima em onze jogos.
O atacante Eduardo falou sobre mais uma partida em que foi decisivo:
Eduardo teve mais uma vez participação decisiva
“Nós que ficamos no banco de reservas, temos que entrar e qualificar a equipe de acordo com o pedido do treinador. Graças a Deus fui feliz e pude marcar mais um gol e dar a assistência pro Marcos fazer o terceiro e nos dar essa vitória, que era o único resultado interessante hoje.
Ele ainda falou sobre a paciência que a equipe teve de ter pra marcar os gols:
“Foi um jogo parecido com o de quinta-feira, quando fomos derrotados, só que desta vez aprendemos e passamos a virar a bola de um lado pra o outro até encaixar o último passe e abrir o placar. Depois que fizemos o primeiro, nosso jogo encaixou e saímos com essa vitória.” 

Após mais esta triunfo, o São Gonçalo Esporte Clube terá toda semana para se preparar para o clássico contra o xará Futebol Clube, que ocorre no próximo domingo, em local a definir. O Queimados, que caiu para a terceira colocação, fará uma partida de seis pontos contra o São José, jogando no estádio Nivaldo Pereira.
FICHA TÉCNICA
SÃO GONÇALO EC 3×0 QUEIMADOS
Local: Clube Esportivo Mauá, São Gonçalo-RJ
Horário: 15:00h, domingo
Público: Jogo realizado com portões fechados

Cartões Amarelos: Guilherme (São Gonçalo EC); Renan e Marvin (Queimados)
GOLS: Tarcísio 18’/2°T (1-0); Eduardo 32’/2°T (2-0); Marcos Vinícius 40’/2°T (3-0)
SÃO GONÇALO EC: Silvio Luiz; Gege, Diego, Felipe e Tarcísio; Roberto Brum, Vítor Torres (Accioli, 33’/2°T), Renan (Rodrigo Prata, 29’/2°T) e Guilherme; Marcos Vinícius e Marco Brito (Eduardo, 31’/2°T). Técnico: Leonardo Mello
QUEIMADOS: Filippe; Pop, Romulo, Fabricio e Renan (Charles, 33’/2°T); Dênis, Leo, Junior (Marvin, 12’/2°T) e Doryan; Gil (Chuck, 18’/2°T) e Celsinho. Técnico: Carlos Alberto Sotelho

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s