São Gonçalo

Confira tudo sobre o Grêmio Mangaratibense, terceiro adversário do São Gonçalo EC na terceira fase

EQUIPE DA COSTA VERDE TERMINOU NA SEGUNDA POSIÇÃO EM SEU GRUPO NA SEGUNDA FASE

Finalizando a análise dos três adversários do São Gonçalo EC na terceira fase da Série C, mostraremos agora todos os detalhes sobre o Grêmio Mangaratibense, último a medir forças com os gonçalenses nesta nova etapa da competição.

O Mangaratibense se junta a Villa Rio e América de Três Rios (já analisados anteriormente), que também estão no Grupo J. Confira o resumo da campanha, os destaques e os possíveis pontos fortes e fracos da equipe de Mangaratiba.
PERFIL – Equipe da Costa Verde do estado do Rio de Janeiro, localizada na cidade de Mangaratiba, o Grêmio Mangaratibense manda seus jogos no Estádio Municipal José Maria de Brito Barros, mais conhecido pelo nome de estádio da Praia do Saco, devido a região onde se localiza. A praça esportiva não possui autorização para receber público.
CAMPANHAS ANTERIORES – O clube é uma tentativa de ressurreição do antigo Grêmio Olímpico de Mangaratiba, que por muitos anos representou a cidade em diversas modalidades esportivas. A data de fundação do Grêmio Mangaratibense, após sua revitalização, é de 21 de janeiro de 2009.

Com o atual nome, a equipe da Costa Verde disputou dois campeonatos da Série C. Em 2010, apenas uma 23ª colocação. Em 2011, com um bom investimento e uma equipe bem montada, o sonho do acesso a Série B passou mais perto, tendo sido eliminada na terceira fase da competição, ficando de fora das semi-finais.

CAMPANHA EM 2012 – 14 Jogos – 5 vitórias – 5 derrotas – 4 empates – 18 gols pró – 12 gols contra – saldo de gols: 6
Em 2011, o clube da Costa Verde terminou na quinta posição
Cotado como um dos favoritos ao acesso nesse ano, o Mangaratibense teve uma primeira fase irregular, conseguindo apenas duas vitórias, sendo uma delas (contra o Serrano), por W.O. A equipe ficou apenas em quarto lugar no Grupo B, atrás de São Pedro, Serrano e América de Três Rios, conseguindo a última vaga da chave. A fraca campanha na primeira etapa, fez com que a diretoria contratasse o treinador Hugo Salles para o lugar do até então comandante Jorge Santana.
Na segunda fase, após um bom início com duas vitórias e um empate em três jogos, o Mangaratibense conseguiu gordura para queimar. Beneficiado com a suspensão do Tanguá, um de seus adversários, a equipe de Mangaratiba conseguiu a classificação para a terceira fase com duas rodadas de antecedência, o que permitiu inclusive dois tropeços nas duas últimas rodadas: empate com Paduano e derrota para o Bela Vista.
O Mangaratibense possui uma média de 1,28 gols por jogo, tendo feito 18 gols durante a competição. A defesa é bem sólida, e só sofreu 12 gols, obtendo a boa média de 0,85 gols sofridos a cada partida.
MAIOR VITÓRIA – 3×0, sobre o Condor.
PIOR DERROTA – 3×2, para o São Pedro.
DESTAQUES – Atuando isolado no ataque, Acosta faz a equipe jogar em função de sua boa estatura, fazendo invariavelmente o trabalho de pivô para os jogadores mais leves que vem de trás. Os jovens Edmar e João, são as apostas para o meio de campo, fazendo constantes jogadas em velocidade. 
OS CONFRONTOS CONTRA O SÃO GONÇALO EC:

Mangaratibense x  São Gonçalo EC  – José Maria de Brito Barros (14/06/12, quinta-feira)

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s