São Gonçalo

São Gonçalo EC empata e vê situação se complicar ainda mais

GONÇALENSES COMETERAM OS MESMOS ERROS E NÃO CONSEGUIRAM A VITÓRIA

Em partida de muito nervosismo e emoção no Clube Mauá, São Gonçalo EC e Villa Rio protagonizaram um duelo que mostra o quão emocionante vem se tornando a Série C do Rio de Janeiro nesta reta final. Fabiano abriu o marcador para os visitantes, e Marcos Vinícius empatou para os donos da casa. Com o resultado, o Villa é a primeira equipe garantida na fase semi-final, com duas rodadas de antecedência. Os gonçalenses se complicaram com mais este tropeço, e tem a obrigação da vitória nos dois jogos restantes.
São Gonçalo EC e Villa Rio fizeram bom jogo no Clube Esportivo Mauá / Fotos: Jéssica Farias 
SÃO GONÇALO EC DOMINA NOVAMENTE, MAS VOLTA A PECAR NA FINALIZAÇÃO

A responsabilidade era grande e os jogadores sabiam disso. Com o apoio da torcida, o São Gonçalo EC tentava manter os 100% de aproveitamento como mandante e com isso dar um salto na tabela de classificação. O volante Gean, falou sobre a derrota na última quinta-feira:
– Infelizmente não vencemos lá e agora temos a obrigação de vencer aqui. O trabalho foi duro para nos recuperarmos, e esperamos voltar a vencer em nosso estádio – declarou antes do jogo.
O treinador Leonardo Mello foi outro que salientou a importância dos três pontos:
Torcida protagonizou um bonito espetáculo neste domingo
– Temos que passar tranquilidade para os jogadores. Explicamos pra eles que nós estamos fazendo tudo direitinho, dominamos todos os jogos, inclusive contra o próprio Villa Rio. Estamos sendo superiores nas partidas, mas a bola não vem entrando. Hoje temos que ter calma para alcançar o resultado positivo – falou o comandante da equipe gonçalense.
Com a bola rolando, o que se viu foram os primeiros vinte minutos de muita pegada, marcação, e poucas chances de gol. As equipes se estudavam e evitavam arriscar. Após a parada técnica, o São Gonçalo EC passou a chegar mais ao ataque. Aos 23 minutos, após boa joga em linha de fundo de Tarcísio, a zaga afastou e Roberto Brum emendou de primeira. A bola passou raspando a trave do goleiro Lucas.
O Villa Rio deixou clara a postura de buscar os contra ataques. Em um deles, após bom cruzamento, Diego Silveira cabeceou e Sílvio Luiz fez boa defesa. Aos 33 minutos, o SGEC perdeu um de seus principais jogadores. Roberto Brum, com dores no tornozelo, foi substituído por Rodrigo Prata. E foi o mesmo Prata, que aos 41 minutos conseguiu ótimo cruzamento para Marco Brito desperdiçar uma das melhores chances de alterar o marcador na primeira etapa.
Fim de primeiro tempo, e preocupação dos gonçalenses, que mais uma vez não conseguiam furar o bloqueio da defesa adversária. O camisa 10, Guilherme, falou sobre o panorama da partida:
– Tem que ter mais calma, tocar mais a bola. Só chutamos no máximo duas vezes a gol, mesmo tendo muito mais volume de jogo. Vamos ver se acertamos isso para o segundo tempo – falou Guilherme.
SEGUNDO TEMPO TRÁS UM VILLA RIO BEM POSTADO E UM SÃO GONÇALO EC NERVOSO

Precisando do resultado, o São Gonçalo EC passou a se lançar ao ataque. E foi aí que o Villa Rio passou a tomar conta do jogo. Fabiano, aos 3 minutos, recebeu bola em profundidade, ganhou na velocidade de Gean, e chutou mal. Susto para a apreensiva torcida gonçalense.
Jogadores do Villa Rio comemoram o gol da equipe
Aos 15 minutos, resposta do São Gonçalo EC. Guilherme chutou de fora da área, e Lucas trabalhou mais uma vez, executando mais uma bela defesa. A partir daí, com mais inteligência, o Villa Rio passou a comandar as ações no meio de campo, deixando os gonçalenses nervosos. As arrancadas em velocidade passaram a ser constantes. Só que foi em um escanteio que a equipe da zona oeste saiu na frente. Após a bola ser alçada na área, Sílvio Luiz saiu mal, a bola sobrou dentro da área, e no bate e rebate, a bola se ofereceu para Fabiano abrir o placar. 1×0.
O gol ligou o sinal de alerta para a equipe azul e branca de São Gonçalo. Léo Mello lançou Eduardo na vaga de Marco Brito, buscando mais velocidade no ataque. A equipe passou a dominar, só que errava no último passe, que sempre chegava sem qualidade aos atacantes. Aos 34, após falta bem cobrada, Deo quase empatou em boa cabeçada.
O drama foi aumentando e a paciência da torcida foi se esgotando. Eduardo fez boa jogada e mandou para dentro da área, sem ninguém conseguir mandar a bola para o gol. O treinador do Villa, Jorge Cabral, mudou sua equipe, fechando ainda mais seu sistema defensivo. De tanto martelar, o São Gonçalo EC conseguiu o gol. Guilherme acertou um belo chute de fora da área, Lucas executou mais uma grande defesa, Eduardo tentou no rebote, e a bola se ofereceu para Marcos Vinícius, que se jogou para igualar o placar aos 41 minutos. 1×1.
Marcos Vinícius fez o gol de empate do São Gonçalo EC
Depois do gol, o clima da partida esquentou. Jogadas ríspidas e muitas faltas paravam o andamento do jogo. Os donos da casa, empurrados pela torcida tentaram a virada a qualquer custo, enquanto o Villa Rio se segurava como podia. Nada mudou e juiz encerrou a partida. Empate que classifica o Villa Rio e complica ainda mais a vida do SGEC.
Após a partida, Rodrigo Prata falou sobre o empate:
– Saímos daqui hoje com gosto de derrota. Precisávamos vencer, tínhamos o apoio da torcida, mas infelizmente não deu. Agora restam dois jogos e temos que vencer a qualquer custo se quisermos alcançar as semi-finais – declarou em tom de lamentação.
Tarcísio, que fez ótima partida, também se mostrou chateado com o placar final:
– Tivemos o apoio de nossa torcida, só que nos descuidamos e eles acharam um gol. A partir daí tivemos que correr atrás do resultado. Agora temos que manter a cabeça erguida e vencer o próximo jogo fora para trazermos a decisão para dentro de casa. Sabemos da responsabilidade, e vamos ter que matar um leão a cada jogo se quisermos nos classificar – falou o lateral esquerdo.
Após o jogo, as equipes terão agora uma semana de treinamentos até a rodada do próximo domingo. O São Gonçalo EC faz uma decisão contra o América-TR, fora de casa, enquanto o Villa Rio recebe o Mangaratibense no estádio Eustáquio Marques.
FICHA TÉCNICA
SÃO GONÇALO EC 1×1 VILLA RIO
Local: Clube Esportivo Mauá, São Gonçalo-RJ
Horário/Data: 15:00h, domingo
Árbitro: José Waldson de Matos Modesto
Assistente 1: Adolfo Roberto da Silva
Assistente 2: Rodrigo Teixeira de Freitas
Cartões amarelos: Fernandes, Diego, Jefferson e Fabiano (Villa Rio)
GOLS: Fabiano 25’/2ºT (0-1); Marcos Vinícius 41’/2ºT (1-1)
SÃO GONÇALO EC
Sílvio Luiz; Gege (Gabriel, Intervalo), Diego, Deo e Tarcísio; Gean, Roberto Brum (Rodrigo Prata, 33’/1ºT), Renan e Guilherme; Marcos Vinícius e Marco Brito (Eduardo, 20’/2ºT)
Técnico: Leonardo Mello
VILLA RIO
Lucas; Vanderson, Fernandes, André Luiz e Diego; Tulio, David  (Elton, 32’/2ºT), Thales e Diego Silveira  (Diogo, 28’/2ºT); Fabiano e Jefferson (Rodrigo, 24’/2ºT)
Técnico: Jorge Cabral
VEJA TAMBÉM:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s