São Gonçalo

São Gonçalo EC volta a perder e se complica ainda mais na Série C

EQUIPE GONÇALENSE PRECISA DE COMBINAÇÃO DE RESULTADOS PARA CHEGAR AS SEMI FINAIS

Em uma partida eletrizante e dramática, São Gonçalo EC e América-TR travaram uma típica decisão neste domingo, no estádio Tiezão. Jogando em casa, melhor para o Mecão, que venceu por 2×1. Tainan abriu o marcador para os donos da casa, enquanto Guilherme empatou para os visitantes. Bocão, que saiu do banco de reservas, fez o gol salvador para a equipe de Três Rios.
Com o resultado, o São Gonçalo EC amarga a lanterna do Grupo J, com 4 pontos ganhos. Já o América, subiu uma posição, ocupando o terceiro posto, deixando o grupo totalmente embolado. Na outra partida da chave, Villa Rio e Mangaratibense travaram outro grande duelo, empatando em 3×3. O resultado manteve o Villa na ponta (com 11 pontos), enquanto a equipe da Costa Verde segue na segunda colocação (com 7 pontos).
América e São Gonçalo EC se enfrentaram no Tiezão, em Três Rios
O JOGO

Antes mesmo de a bola rolar, era nítido o clima de decisão. Jogadores com o semblante sério e compenetrado, demonstravam saber o tamanho da importância do confronto. Na corrente antes de subir ao campo, ouvia-se do gramado os gritos de guerra e oração de ambas as equipes. A expectativa era grande, e o treinador Leonardo Mello, do SGEC, falou sobre o confronto e as mudanças feitas em sua equipe (Nunes no lugar de Sílvio Luiz; e Gabriel na vaga de Gegê):
– Conversamos durante a semana, buscando corrigir os erros para a partida de hoje. Nos últimos jogos não conseguimos concluir tanto a gol, e isso nos prejudicou. Pedi atenção total a eles, e que possamos hoje, transformar nosso volume de jogo em um placar real. Sobre as mudanças, são um misto de desgaste físico e opção técnica, mas sempre buscando o melhor para nossa equipe – declarou o treinador.
Tainan colocou os americanos em vantagem logo no primeiro minuto
Com a bola em jogo, toda a expectativa sobre o confronto foi logo tomando forma. Mal deu tempo de as equipes se ajeitarem, e com pouco mais de um minuto, após ótimo cruzamento na área gonçalense, Tainan aproveitou a zaga desarrumada, e pegou um lindo chute de primeira para abrir o placar. 1×0. Começava então uma sequência alucinante de ataques alternados entre as equipes. Logo na jogada seguinte, aos dois minutos, Vitor Torres quase empatou, após boa tabela com Marco Brito. Maromba fez boa defesa.
Aos seis, nova blitz do SGEC. Tarcísio cruzou na medida, e Guilherme quase marcou de cabeça. O jogo não parava, e Iresânio colocou Tainan na cara do gol. O camisa sete do América desperdiçou a chance de ampliar o marcador. Se um atacava, o outro respondia, e a resposta dos visitantes foi certeira. Aos dezenove minutos, começava a belíssima atuação de Gabriel. O lateral direito da equipe gonçalense foi a linha de fundo, limpou a marcação e cruzou. Elder foi tentar afastar, e acabou colocando no pé de Guilherme, que fuzilou para igualar o placar. 1×1, e tudo igual em um dos jogos mais eletrizantes da Série C.
O gol acendeu o São Gonçalo EC no jogo. Marco Brito acertou cabeçada na trave, após outro cruzamento de Gabriel. A parada técnica veio, acalmando a equipe da casa. No retorno, o América voltou a comandar o jogo. Iresânio tentou duas vezes, uma de cabeça e outra em chute forte, levando perigo ao gol gonçalense. A partir dos trinta minutos, a partida foi perdendo em qualidade, e os jogadores acusaram o ritmo forte do início de jogo. O São Gonçalo EC ainda assustou em contra ataque aos 43 minutos, que terminou em mais uma defesa de Maromba, dessa vez em chute de Marcos Vinícius. Fim de primeiro tempo, e tudo igual.
AMÉRICA VOLTA MAIS ATENTO E DOMINA AS AÇÕES NO SEGUNDO TEMPO

Guilherme comemora o gol de empate da equipe gonçalense
Buscando maior movimentação em seu ataque, Leonardo Mello promoveu a entrada de Eduardo na vaga de Marco Brito. Mas a mudança pouco surtiu efeito, já que sua equipe voltou desligada no meio de campo, criando pouco, e se deixando pressionar pelos donos da casa.
Enquanto a equipe rubra criava chances, o SGEC abusava dos chutões buscando Eduardo, isolado na frente. Aos 7 minutos, novamente Iresânio levou a melhor pelo alto, obrigando Nunes a fazer grande defesa. A equipe da casa seguia mais atuante, só que o cansaço ficou cada vez mais acentuado para os jogadores dos dois times. As chances foram minguando, e o jogo foi ficando tenso.
Os treinadores tentaram mudar o panorama do jogo, renovando o fôlego de suas equipes. No São Gonçalo EC, Prata entrou na vaga de Guilherme, e Gegê na vaga de Gabriel, contundido. Pelo América, Maza e Bocão foram acionados. A equipe gonçalense quase marcou em lance individual de Eduardo, que Maicon salvou em cima da linha. O jogo seguiu indefinido até os 40 minutos do segundo tempo, quando Bocão, que acabara de entrar, foi lançado entre os zagueiros, e fuzilou a meta gonçalense. 2×1, e festa de jogadores e comissão técnica americana.
Os jogadores gonçalenses pareciam não acreditar em mais uma derrota, e pouco esbanjaram reação nos minutos restantes. Nervoso, Marcos Vinícius foi expulso após entrada dura no meio de campo. Os jogadores americanos caíam em campo buscando ganhar tempo, até que o árbitro Bruno Arleu de Araujo apitou o final do jogo. Festa rubra, comemorada como um título, e decepção pintada de azul e branco pelo lado gonçalense. Eduardo, um dos mais emocionados, saiu de campo chorando a derrota.
Pelo América, o choro era de alegria. Alegria de um veterano que luta pelo clube de sua cidade. Da Silva resumiu o sentimento do grupo após a vitória:
Jogadores comemoram gol salvador de Bocão para o América
– Nosso elenco e comissão técnica merecem essa vitória. Esses garotos estão batalhando muito por isso, e eu, que já estou parando, procuro ajudar como posso, passando um pouco de experiência, até porque eu sei da dificuldade que eles passam. Essa vitória coroou nossa ração e disposição, e todos estão de parabéns – conclui com os olhos marejados.
Pelo São Gonçalo EC, os jogadores deixaram o campo sem falar, desolados com o resultado. Resta a rodada do próximo domingo, quando a equipe recebe o Mangaratibense no Clube Mauá. Só a vitória interessa para seguir vivo na competição.
Fortes emoções reservam a última rodada desta terceira fase. Aguardemos.
FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-TR  2×1  SÃO GONÇALO EC
Local: Estádio Tiezão, Três Rios-RJ
Horário/Data: 15:00h, domingo
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo
Assistente 1: Julio Campana de Carvalho
Assistente 2: Ricardo Fragoso de Carvalho
4º Árbitro: Cristiano Gayo Nascimento
Cartões Amarelos: Iresânio (América-TR); Diego, Gean e Tarcísio (São Gonçalo EC)
Cartões Vermelhos: Marcos Vinícius (São Gonçalo EC)
GOLS: Tainan 1’/1ºT (1-0); Guilherme 19’/1ºT (1-1); Bocão 40’/2ºT (2-1)
AMÉRICA-TR
Maromba; Rodrigo, Elder, Maicon e Daniel (Willian, 18’/2ºT); Milá (Bocão, 34’/2ºT), Da Silva, Tainan e Iresânio; Uelisson (Maza, 13’/2ºT) e Peixinho
Técnico: Elair Junior

SÃO GONÇALO EC
Nunes; Gabriel (Gegê, 26’/2ºT), Diego, Felipe e Tarcísio; Gean, Renan, Vitor Torres e Guilherme (Prata, 21’/2ºT); Marcos Vinícius e Marco Brito (Eduardo, Intervalo)
Técnico: Leonardo Mello

VEJA TAMBÉM:

Série C: Confira os resultados deste domingo

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s