Uncategorized

Arraial do Cabo vence Paduano e é finalista da Série C Sub-20

Por André Luiz Pereira Nunes (Papo Esportivo)

N
a tarde desta segunda-feira (29) em partida disputada no estádio Mané Garrincha, em Magé, o Arraial do Cabo bateu o Paduano por 2 a 0 e chegou à final do Campeonato Estadual da Série C, categoria Júnior. A superioridade técnica e tática da equipe da Região dos Lagos foi latente durante todo o transcorrer da peleja que infelizmente acabou aos 35 minutos do segundo tempo por conta da expulsão de quatro atletas do time de Santo Antônio de Pádua e um se jogar no gramado alegando contusão.
Equipe do Arraial do Cabo posada / Fotos: André Luiz Nunes (Papo Esportivo)

Disputada sob um forte calor a peleja, que valia pela semifinal da antiga terceira divisão, foi de bom nível. Ambas as equipes precisavam da vitória haja vista que a primeira partida, disputada no Noroeste Fluminense, terminou empatada em 3 a 3.

Contudo, a falta de estrutura e apoio por parte da diretoria e políticos pesou bastante contra o Paduano, cuja delegação veio a Magé composta apenas por jogadores, o treinador e o dono de uma van que fez o papel de auxiliar técnico. Não havia sequer um diretor, torcedor ou alguém que representasse o clube.


Felipe, do Arraial do Cabo e Murilo, disputam a bola no meio de campo

Logo aos 18 minutos, o Arraial do Cabo arriscou sua primeira tentativa através de um torto arremate do atacante Túlio que foi pela linha de fundo. Com toque de bola rápido, marcação na saída de bola e bom entrosamento o time dirigido pelo técnico Mazinho, campeão pela mesma competição com o Rio de Janeiro, em 2009, chegou ao gol inaugural aos 35 minutos. O lateral-direito Felipe cruzou pela direita, Ramon fez o porta-luz, e Andrei bateu forte no fundo das redes. 1 a 0 para o Arraial do Cabo, placar da primeira etapa.


No princípio do segundo tempo, aos 8, o time mandante ampliou o marcador através de uma cobrança de falta muito bem cobrada no ângulo direito do goleiro Frank. 2 a 0 para o Arraial do Cabo que passou a administrar o marcador. Nervosos e completamente desajustados os atletas do Paduano partiram para a provocação e violência desnecessárias. Diego, que entrara no lugar de Thiago, foi o primeiro expulso pelo árbitro por agressão. A situação viria a piorar pouco tempo após o tempo técnico. 

Por volta dos 30 minutos, alguns atletas, percebendo a desvantagem numérica e estrutural, passaram a hostilizar o árbitro que acabou expulsando mais quatro: o volante Victor, que já havia recebido o cartão amarelo e dirigiu a van, o lateral-direito Malandrinho e o meia Igor. Percebendo que a situação se tornara bastante desfavorável, o atacante Allan, que substituíra Elielton, se jogou no gramado alegando contusão e o juiz deu por encerrada a partida exatamente aos 35 minutos. O policiamento se fez presente, porém não foi registrado nenhum incidente. 

Cabisbaixos, alguns jogadores do Paduano choraram e refletiam a situação de total abandono a que foram acometidos. Por sua vez, os comandados de Mazinho demonstraram respeito pelo adversário e não comemoram a merecida vitória que os levará à decisão contra o São Gonçalo, o qual bateu o São Pedro por 2 a 1 e o venceu nos pênaltis pelo placar de 4 a 2. 

Orelha arrisca da intermediária. Andrei e Thiago observam

O lateral-direito Felipe, o volante Carleone e o meias Rafael e Orelha fizeram a diferença a favor do Arraial do Cabo. Satisfeito, o presidente Walquir Pimentel lamentou o final, mas ressaltou a superioridade de seu time. “Poderíamos ter vencido por mais gols, mas interessa mesmo é o resultado”, declarou o ex-árbitro acompanhado pelo fiel amigo Enio Farias.

Vale ressaltar o bom trabalho do jovem árbitro Jorge Antonio Affonso da Silva que foi bem coadjuvado por Francisco dos Santos Ferreira e Fernando Antonio da Silva.

No tocante à participação do Paduano, campeão da Série C, na disputa do próximo ano há uma enxurrada de dúvidas. A política da cidade mudou e nada existe de concreto por parte das autoridades para que o Trovão Azul continue a sua meritória trajetória no futebol profissional. 
FICHA TÉCNICA

ARRAIAL DO CABO 2 X 0 PADUANO
Competição: Campeonato Carioca da Série C – Categoria Júnior
Local: Estádio Mané Garrincha, em Magé

Data/Horário: 29/10/2012 – 16:00h.

Árbitro: Jorge Antonio Affonso da Silva

Auxiliares: Francisco dos Santos Ferreira e Fernando Antonio da Silva

Cartões amarelos: Felipe (Arraial do Cabo). Thiago e Victor (Paduano).
Cartões vermelhos: Victor, Malandrinho, Igor e Diego (Paduano).

Gols: Andrei (35min/1ºT) e Rafael (8min/2ºT) para o Arraial do Cabo.
Arraial do Cabo: André; Felipe, Jhonattan, Anderson e Carleone; Victor, Rafael (Eduardo), Orelha e Andrei (Cristiano); Túlio e Ramon (Gian). Técnico: Mazinho.

Paduano: Frank; Malandrinho, Dugison, Patrick e Victor; Murilo, Igor, Thiago (Diego) e Romário (Allan); Romarinho e Elielton. Técnico: Dime.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s