Uncategorized

Assad exalta maturidade e preparação física do São Gonçalo EC na estreia

Treinador gostou da postura de seus atletas, mesmo quando placar estava adverso; preparador físico mereceu menção honrosa

Vitória suada foi comemorada pelo técnico Reginaldo Assad. Foto: Divulgação.

O São Gonçalo EC começou sua trajetória na Série C com uma vitória sofrida sobre o Heliópolis. Mesmo sobrando na parte técnica e física, os gonçalenses encontraram dificuldades para superar o aguerrido time da Baixada Fluminense, que não se deu por vencido, cedendo a virada somente no fim do segundo tempo.

Treinador do SGEC, Reginaldo Assad confessa que esperava menos sofrimento, mas lembrou que numa competição como a Terceira Divisão, as dificuldades serão muitas, mesmo quando o oponente aparentemente não apresentar tantas qualidades quanto o seu time.

– A gente nunca espera o sofrimento, mas a equipe se comportou bem mesmo sofrendo o gol, e permaneceu pressionando a equipe adversária. Jogamos o tempo inteiro na metade deles do campo. Eles tinham três atletas muito altos e utlizaram muito a bola aérea. Isso nos deixou vulneráveis porque forçava o duelo. Taticamente a equipe fez o que eu pedi. O que dificultou mais foi a parte psicológia, o tempo parado, a falta de ritmo de jogo e durante a partida conseguimos melhorar isso. É natural isso acontecer numa estreia, mas precisamos trabalhar cada vez mais para brigar de fato no campeonato – analisou o comandante, para em seguida parabenizar a preparação física do seu grupo.

– Fisicamente foi fundamental o trabalho do Vitão (Victor Barbosa, preparador físico). Temos que dar mérito a quem merece. O segundo tempo foi todo nosso “na perna”.

Esforço coletivo

Reginaldo Assad lembrou que será preciso um grupo coeso e que lhe dê opções durante a Série C. Na primeira partida, mesmo contando com somente cinco atletas no banco, as mudanças surtiram efeito. Suplentes, Wilson, Juninho e Baiano entraram bem em campo, participando inclusive dos gols marcados.

– O caminho é esse, de luta. Uma equipe campeã se faz com um grupo, não só com um time. A prova disso são os atletas que entraram. Juninho, Baiano e Wilson foram muito bem. Estamos montando um grupo de qualidade e vamos trabalhar muito por nosso objetivo – completou.

//s7.addthis.com/js/300/addthis_widget.js#pubid=xa-5124dacb274b6188

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s