Copa Rio Gonçalense

Testada certeira de João garante nova vitória do Gonçalense na Copa Rio

Tricolor supera o Bangu em Moça Bonita e segue na liderança do Grupo A, com 100% de aproveitamento

Texto e foto: Gabriel Farias

DECISIVO! João teve grande atuação e foi coroado com o gol da vitória.
Foto: Gabriel Farias.

O Gonçalense alcançou sua segunda vitória consecutiva na Copa Rio. Nesta quarta-feira (2), novamente em Moça Bonita, dessa vez na condição de visitante, o Tricolor bateu o Bangu por 1 a 0, com gol do atacante João, de cabeça, ainda na primeira etapa. O resultado mantém o time de São Gonçalo na ponta do Grupo A, com seis pontos ganhos. O próximo compromisso do Lense será diante do Friburguense, na quarta, dia 9.

O primeiro tempo do duelo teve seus minutos iniciais com as duas equipes se estudando, evitando maiores riscos. Num deslize, o Gonçalense quase saiu em desvantagem. Sales afastou mal a bola, Carlos Alberto aproveitou na entrada da área e mandou no ângulo de Julio, que fez linda defesa de mão trocada, evitando o gol alvirrubro.

Quando respondeu, o Gonçalense foi fatal. Na casa dos 27 minutos, Sabão enfiou bola para William Amendoim, que cruzou com perfeição para João. Numa cabeçada de almanaque, o camisa nove superou o goleiro André Regly, colocando os visitantes em vantagem: 1 a 0. Logo depois, a jogada se repetiu, mas a cabeçada de João passou perto do travessão.

O gol fez o Tricolor criar asas em Moça Bonita. João demonstrou que estava mesmo afim de marcar gols e num escanteio bem cobrado, testou perto do poste novamente. Antes do intervalo, ainda deu tempo de Sales arriscar chute de fora da área, quase surpreendendo o arqueiro banguense.

Pressão dos mandantes não surte feito; triunfo tricolor

Os 45 minutos finais foram marcados pela iniciativa do Bangu, que não teve outra escolha a não ser tirar o prejuízo em sua casa. Na base da bola aérea, a equipe da Zona Oeste assustou, mas Julio conseguiu afastar o perigo. Aos 17, no seu melhor momento, o Bangu quase igualou com chute forte de PH, que obrigou Julio a evitar o gol com defesa na ponta dos dedos.

Sem ver seu time assustar o suficiente, o técnico do Bangu, Carlos Renan, lançou em campo o meia Paulinho. E ele foi o responsável por nova finalização de longe, que mais uma vez contou com intervenção precisa de Julio. O Tricolor, nos contra golpes, teve oportunidades interessantes com William Amendoim e Sabão, que desperdiçaram. No entanto, sem fazer falta. A vitória estava garantida.

Ficha Técnica
Bangu 0x1 Gonçalense
Copa Rio -1ª Fase – 2ª Rodada
Estádio de Moça Bonita, Bangu (RJ)
Dia 02 de setembro (quarta-feira) – 15h

Árbitro: Leandro de Lima e Silva
Assistentes: Richardson Santos da Silva e Rafael Sepeda de Souza
Cartões Amarelos: Everton e Rafael Sales (BAN); Gustavo Moura (GON)

Gols: João, 27’/1ºT (0-1)

Bangu
André Regly; Everton, Rafael Sales, Kerlyson e Guilherme; PH (Lucas Silva), Igor Alves (Marcos Vinicius), Luan Sérgio (Paulinho) e Carlos Alberto; Igor de Paula e Samuel. Técnico: Carlos Renan

Gonçalense
Julio; Sales, Anderson, Guapi e Allan; Dyeguinho, Gustavo Moura e Nélio (Thiaguinho); William Amendoim, Sabão (Waguinho) e João (Sorriso). Técnico: Mário Marques



//s7.addthis.com/js/300/addthis_widget.js#pubid=xa-5124dacb274b6188

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s