Copa Rio Gonçalense

Torneio no Vietnã vai desfalcar Gonçalense de atletas e treinador na Copa Rio

Guapi, Yago, Junior e Gilmax viajam ao país asiático nesta quinta (29), onde disputarão campeonato amistoso representando o Bangu; técnico se juntará aos atletas posteriormente

Prestes a estrear na segunda fase da Copa Rio, o Gonçalense vai sofrer desfalques importantes nesta reta final de competição. Quatro jogadores – os zagueiros Guapi e Yago, o volante Junior e o meia Gilmax – além do treinador Mário Marques, vão viajar ao Vietnã, onde representarão o Bangu na disputa da BTV Cup, torneio amistoso realizado anualmente no país asiático, entre os dias 6 e 17 deste mês.

Gilmax é um dos jogadores que desfalcará o Gonçalense em virtude da viagem. Fotos: Futebol Gonçalense.
Gilmax é um dos jogadores que desfalcará o Gonçalense em virtude da viagem. Fotos: Futebol Gonçalense.

A excursão no Vietnã já era algo programado por Mário Marques antes mesmo de fechar contrato com o Gonçalense para a Copa Rio. O zagueiro Guapi, que está emprestado pelo Bangu, também estava nos planos da viagem. O Gonçalense, no entanto, fechou a parceria com o time da Zona Oeste e cedeu mais três atletas para a competição, como Yago, Junior e Gilmax.

Nesta quinta, 29, viajam os jogadores. Mário Marques, que a princípio iria junto da delegação, modificou o planejamento. Agora ele ficará no Brasil até a próxima quarta, dia 4. Dessa forma, ele comandará o Gonçalense nos dois primeiros compromissos da segunda fase da Copa Rio, contra Madureira e Portuguesa, se ausentando a partir do duelo frente o Audax Rio.

Vice-presidente do Gonçalense, Thiago Thomaz declarou à equipe do Portal Futebol Gonçalense que a motivação na aliança entre Gonçalense e Bangu são possíveis negociações de atletas. O mesmo ainda destacou que não liberou outros jogadores solicitados, como o meia William Amendoim e o atacante Sabão, justamente pela importância dada a Copa Rio.

Jogadores aprovam desafio no exterior

Entre os atletas que o Gonçalense cederá para a disputa da BTV Cup, a expectativa é a de atrair a atenção de algum clube estrangeiro e assim assinar um contrato vantajoso. O meia Gilmax, que tem compromisso com o Tricolor somente até o final desta temporada, falou em tom de despedida.

Yago aprova desafio no exterior e espera chamar a atenção de outros clubes.
Yago aprova desafio no exterior e espera chamar a atenção de outros clubes.

— Primeiro gostaria de agradecer ao Gonçalense pelo que fez por mim nesse um ano e meio de muitas alegrias. Estou motivado com essa oportunidade fora do país. Minha intenção é fazer um ótimo campeonato, conseguindo o título e consequentemente sendo negociado a algum clube. Assim todos sairão ganhando: Gonçalense, Bangu e o atleta Gilmax — disse o meia.

O zagueiro Yago possui situação idêntica. Com vínculo até 31 de dezembro com o Gonçalense, ele espera agarrar essa oportunidade.

— Tive proposta para jogar fora do país, mas como era bastante novo, não fui. Hoje estou mais maduro e pintando uma oportunidade de ficar lá, tenho interesse de me manter fora do país.

Pinduca é favorito para o comando técnico

Entre os atletas, o zagueiro Guapi e o volante Junior, que vinham sendo titulares, devem ser as ausências mais sentidas, enquanto Yago e Gilmax não vinham figurando no time principal. Fora de campo, Mário Marques também deve abrir uma lacuna importante. O técnico ficará ausente a partir do confronto diante do Audax. Segundo informações da diretoria tricolor, Cláudio Pinduca deve assumir temporariamente. A escolha, no entanto, ainda não é definitiva.

Pinduca, auxiliar-técnico desde a fundação do clube, chegou a ser efetivado na Série B Estadual, após a demissão de Emanoel Sacramento. Mas com uma sequência ruim de resultados – dois pontos conquistados em três jogos – acabou retornando a sua função de origem, dando lugar a Mário Marques.

Cláudio Pinduca, que já comandou o Gonçalense na Série B, deve substituir Mário Marques.
Cláudio Pinduca, que já comandou o Gonçalense na Série B, deve substituir Mário Marques.

Se o Tricolor avançar às semifinais da Copa Rio, Pinduca deverá prosseguir no comando pelo menos até o jogo de ida, que está programado para os dias 14 ou 15 de novembro. O segundo confronto, agendado para 18 ou 19, talvez conte com o regresso de Mário Marques, já que a BTV Cup se encerrará no dia 17.

BTV Cup

A competição realizada no Vietnã tem tradição, sendo disputada desde 2000. Entre os brasileiros que já disputaram, destaque para o Matsubara, do Paraná, que foi campeão em duas oportunidades: 2007 e 2011. O Duque de Caxias levou a taça em 2009. O Bangu disputou o torneio em 2013, alcançando o terceiro lugar. O maior vencedor da BTV Cup é o time vietnamita Becamex Binh Duong, que levantou o troféu em cinco oportunidades.

1 comentário

  1. O caso que nos parece é que a diretoria do Gonçalense não acreditava na classificação já que os envolvidos já sabiam que o treinador não iria ficar até o fim do Campeonato. Por hora, no meu modo de ver, vai ser mais uma vez um clube gonçalense indo bem no começo de um Campeonato e encontrando problemas com o decorrer da competição. Se não chegar ninguém para recompor as saídas e faltas vai morrer na praia. Lamentável.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s