Itaboraí

Itaboraí e Artsul abrem semifinal da Série C de Juniores com empate

Águia busca igualdade com gol no fim e depende de vitória simples para avançar à decisão

Por Gabriel Farias

O Itaboraí empatou por 1 a 1 com o Artsul, neste domingo (08/11), no Estádio Alziro de Almeida, no jogo de ida das semifinais da Série C Sub-20 do Campeonato Carioca. Os visitantes saíram na frente, com Neves, ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa, Ivanilson igualou o marcador.

Ivanilson fez o gol do Itaboraí, evitando a derrota no primeiro jogo semifinal. Fotos: Gabriel Farias.
Ivanilson fez o gol do Itaboraí, evitando a derrota no primeiro jogo semifinal. Fotos: Gabriel Farias.

O segundo confronto entre as equipes acontece na próxima quinta-feira (12), no CT de Austin, casa do time de Nova Iguaçu. Caso haja novo empate, haverá decisão por pênaltis. Se houver vencedor no tempo normal, este seguirá para a final da competição.

Artsul se impõe no primeiro tempo e sai na frente

Os primeiros 45 minutos foram de domínio dos visitantes. O Artsul assustou logo na saída de bola, com 10 segundos, em chute de Kiki, que André Stov defendeu. Logo em seguida o mesmo atacante teve outra chance, mas o arqueiro da Águia apareceu bem mais uma vez.

O Itaboraí foi assustar aos 13 minutos, quando Rodrigo arrematou bem da entrada da área, rente à trave. A resposta do Artsul, no entanto, foi fatal. Após sobra de cobrança de escanteio, Caloi cruzou e Neves se antecipou cabeceando por cobertura, abrindo a contagem aos 24 mintos: 1 a 0.

Pelo alto ou por baixo, foram muitas as divididas. Equipes não pouparam vontade.
Pelo alto ou por baixo, foram muitas as divididas. Equipes não pouparam vontade.

O gol diminuiu o ímpeto do Artsul, que passou a hesitar mais ao atacar. Os mandantes, por sua vez, seguiam sem apresentar inspiração. Forçando a bola aérea, o Azulão não encontrava referência em Lucão, que ficava isolado entre os zagueiros adversários.

Segundo tempo muda de figura e Águia empata na raça

Logo na volta do intervalo o treinador Suca Correa fez duas mudanças em sua defesa. Ele lançou em campo Igor e Matheus, sacando o lateral-direito Michel e o zagueiro Wesley, ambos inseguros. A retaguarda ganhou mais solidez e o time ficou mais solto para atacar.

Apesar das alterações, as jogadas ofensivas eram inibidas por um Artsul que passou a se preocupar mais com o jogo truncado, se esforçando em marcar e diminuir espaço, deixando a partida truncada. Nas poucas vezes que foi à frente, o Artsul ainda apresentava perigo. Na bola aérea, Caloi quase ampliou.

Itaboraí aprontou uma blitz no final da partida e esteve perto de conseguiur a virada.
Itaboraí aprontou uma blitz no final da partida e esteve perto de conseguiur a virada.

A última tacada de Suca foi a entrada de Lucas Tardivo na vaga de Lucão. Na base da vontade o Itaboraí começou a levar mais perigo. Lucas teve um bom momento, mas parou no goleiro Ewerton, assim como Igor, que disparou pela ponta esquerda, mas finalizou fraco.

Na reta final o Itaboraí cresceu no embalo da torcida, que incentivou bastante. A recompensa foi o empate aos 38 minutos, após cruzamento da esquerda. O zagueiro Ivanilson brigou pela bola e mesmo caindo, conseguiu ajeitar o corpo e bater no canto.

O gol deu moral ao Itaboraí que ainda teve oportunidades de virar o placar numa blitz nos minutos derradeiros. Primeiro com Leandro, em descida pela direita que terminou em chute cruzado, tirando tinta da trave. No último bom momento, já aos 47, Ivanilson arriscou de longe e quase marcou novamente. Ewerton impediu a virada.

Ficha Técnica
Itaboraí 1×1 Artsul
Campeonato Carioca Série C Sub-20 – Semifinal – Jogo 01
Estádio Alziro de Almeida, Itaboraí (RJ)
Dia 8 de novembro (domingo) – 16h

Árbitro: Daniel Rego Rossi
Assistentes: Antonio Luis Silva e Anderson Salgado Duque
Cartões Amarelos: Angelo, Rodrigo e Leandro (ITA); Carlos, Rodrigo, Caloi e Welson (ART)

Gols: Neves, 24’/1ºT (0-1); Ivanilson, 38’/2ºT (1-1)

Itaboraí
André Stov; Michel (Igor), Wesley (Matheus), Ivanilson e Chapoca; Adriano, Rafael, Angelo, Rodrigo e Leandro; Lucão (Lucas Tardivo). Técnico: Suca Correa

Artsul
Ewerton; Anderson, Gigio, Abraão e Neves (Cristiano); Carlos, Blendon (Welson), Manaus (Resende) e Rodrigo; Kiki e Caloi. Técnico: Romulo Rodriguez

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s