Copa Rio Gonçalense

Sem apoio, presidente do Gonçalense desabafa: ‘Nem uma ligação recebemos’

Dirigente lamentou falta de reconhecimento do poder público em meio aos bons resultados do Tricolor

O Gonçalense fez uma boa temporada de 2015, brigando nas primeiras posições da Série B Estadual e chegando bem próximo da final da Copa Rio. No entanto, nem tudo é alegria. O presidente tricolor, Joacir Thomaz, lamentou que sua agremiação não venha recebendo nenhum apoio do poder público, que na sua visão, poderia estar ajudando independente de qualquer suporte financeiro.

12185224_1616704355261403_3531408510140080381_o
Presidente do Gonçalense, Joacir Thomaz lamentou que projeto não venha recebendo respaldo do poder público. Foto: Click Imagens.

— É uma pena que não temos até agora uma “ligadinha” do poder público pelo menos para agradecer o trabalho que estamos fazendo dentro do município. Vejo isso com certa tristeza. Estou sozinho. Gostaria de receber pelo menos uma ligação do poder público do município para agradecer pelo que estamos fazendo em São Gonçalo – desabafou Joacir.

O mandatário do Gonçalense citou o trabalho que o clube vem fazendo nas divisões de base. Em 2015 o Tricolor ampliou seu departamento, passando a atender as categorias que englobam crianças mais novas, além de expandir seu alcance com a abertura de núcleos por diversos pontos da cidade.

— Temos todo dia de manhã nas categorias de base cerca de 300 meninos treinando porque eles querem uma vida melhor. Cada um que chega fala em ser profissional porque está vendo o sucesso do Gonçalense no cenário do futebol, que é um esporte apaixonante. Isso me deixa contente. São garotos de todo lugar e através desse trabalho, eles quando estão treinando, não estão com a cabeça em outro lugar — ressaltou Joacir, que lembrou especialmente do Jardim Catarina, bairro onde o Gonçalense tem sua sede.

— O objetivo é colocar esses jovens no futebol e dar dignidade à população do nosso bairro (Jardim Catarina), que é muito pobre, trazendo alegria. Queria que isso ficasse registrado, mas não com ressentimento. Independente do apoio, vou continuar fazendo meu trabalho — completou.

Sem mais competições em 2015, o Gonçalense aponta suas atenções para o ano que vem, quando terá a Série B Estadual como desafio principal mais uma vez.

Colaborou: Rennan Rebello

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s