Gonçalense

Joacir Thomaz explica saída de diretor-executivo do Gonçalense: ‘Cobertor curto’

Dirigente deixou claro que rompimento aconteceu de maneira harmoniosa

REDAÇÃO FUTEBOL GONÇALENSE
12038789_1612254809039691_7523795556426872742_o
João Vicente deixou o Gonçalense após dois anos. Fotos: Click Imagens.

Não foi só dentro de campo que o Gonçalense sofreu baixas para a temporada 2016. Fora dele o Tricolor Metropolitano acabou perdendo seu diretor-executivo, João Vicente, peça fundamental na montagem do elenco campeão da Série C Estadual em 2014 e que cumpriu boas campanhas na Segundona e na Copa Rio em 2015.

João Vicente, além de negociar contratações junto do vice-presidente Thiago Thomaz, também era o principal representante do clube na FERJ, sendo figura carimbada nas reuniões de Conselho Arbitral das competições, por exemplo. O bom relacionamento do profissional na entidade foi fundamental principalmente no início de trajetória do Gonçalense.

Presidente do clube, Joacir Thomaz justificou o desligamento de João Vicente pela situação financeira complicada pela qual passa o Tricolor. Assim como no elenco, foi necessário fazer cortes que aliviassem a folha salarial para a temporada.

— O João sempre foi meu amigo e não vai deixar de ser. Foi uma questão de “cobertor curto”, essa que é a verdade. O mar não está para peixe. O João ajudou bastante, mas hoje as condições financeiras do Gonçalense são bem diferentes de dois anos atrás. Precisamos enxugar nossa folha de todas as formas. Não adianta ter as pessoas do nosso lado, sem conseguir cumprir os compromissos — explicou.

Ao ser perguntado se a lacuna aberta poderia criar a necessidade de uma maior atuação sua, Joacir Thomaz disse que sempre esteve presente no dia a dia do Gonçalense e que isso não mudará.

12185224_1616704355261403_3531408510140080381_o
Joacir Thomaz justificou saída de dirigente em virtude dos problemas financeiros.

— Na verdade nunca me ausentei e sempre estive presente em todas as partidas. Somente num momento da Série C (em 2014), que fiquei ausente por estar hospitalizado. Fora isso, em todos os jogos estou junto e vou continuar trabalhando dessa forma — disse Joacir, que apesar da fase complicada, mantém o desejo de conquistar o acesso à elite estadual.

— Sou apaixonado por futebol, por esse esporte. O Gonçalense é meu clube, que montei para meu município e vou continuar dando meu melhor para levar a equipe à primeira divisão. Não vou desistir nunca, pois foi uma promessa que fiz lá no começo e está de pé. É uma pena que não conseguimos em 2015 — encerrou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s