Outras Notícias

Josmiro de Góes festeja primeiro título como preparador de goleiros no profissional do Flu

Perto de completar 10 anos de trabalho como preparador de goleiros do Fluminense, Josmiro de Góes viveu um momento para lá de especial na última quarta-feira (8). O título da Taça Rio foi o primeiro do gonçalense na equipe principal do Tricolor.

WhatsApp Image 2020-07-10 at 13.31.22
Após diversas conquistas na base do Flu, Josmiro alcançou primeiro título entre os profissionais. Foto: Arquivo Pessoal.

Após anos de trabalhos vitoriosos com os goleiros da base, entre as categorias sub-11 e sub-17, Josmiro foi promovido ao profissional do Flu, auxiliando André Carvalho. A dupla está por trás do sucesso de Muriel, responsável por defender duas cobranças de pênaltis na disputa contra o Flamengo.

– Dentro da nossa programação semanal trabalhamos em cima do que o adversário pode proporcionar. E tem a parte da psicologia que nos ajuda bastante, caso precise desse momento em uma disputa por pênaltis. Você não sabe se vai precisar, mas tem que estar pronto. Nós preparadores reforçamos com aquilo que é do campo, com trabalho específico para potencializar os goleiros tecnicamente e fisicamente – explica Josmiro, que ressalta alguns detalhes da final.

– Na decisão por pênaltis, o André Carvalho dá um grito avisando da batida cruzada do Rafinha. Estamos alinhados com os goleiros. Deu certo mais uma vez. O Muriel passou para a gente que se sentiu muito tranquilo com a preparação realizada. Ele é um cara fantástico. Me deixa à vontade, não tem receio, é super do bem. O grupo de goleiros é de pessoas de caráter e isso faz valorizar o trabalho. É uma sinergia que temos, essa é a palavra exata.

Gratidão ao clube e aos colegas de trabalho

Subir degrau por degrau no Fluminense é algo que deixa Josmiro orgulhoso. O mérito pessoal, entretanto, não sobrepõe o carinho que possui pela instituição e demais profissionais que o ajudaram.

Treino do Fluminense - 29/06/2020
Josmiro atua como auxiliar de André Carvalho na preparação de goleiros do time principal. Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC.

– Eu tinha esse sonho de trabalhar no profissional e tenho me realizado muito. Vou fazer 10 anos de Fluminense em 2021. Fui do sub-11 ao sub-17. Através dos trabalhos, aliando resultado de formação e conquistas, isso foi me dando credibilidade. Recebi essa oportunidade e agradeço ao André, ao Paulo Angioni (diretor de futebol), que me deixa à vontade. Tenho gratidão pelo clube.

– O título da Taça Rio, não só pessoalmente, mas como profissional, é algo que não vai ser tirado de mim nunca mais. Me deixa mais forte nessa atmosfera do profissional. É algo que se adquire quando você vivencia. Sempre agradeço ao André Carvalho. Querendo ou não, você pode ser o melhor, mas se não tiver quem possa te ajudar, você não consegue conquistar o espaço. Sem ele, não estaria vivenciando isso.

Outras conquistas marcantes

O título da Taça Rio é o primeiro de Josmiro de Góes na equipe principal do Fluminense e vai se juntar a outras conquistas importantes alcançadas nas categorias de base.

– Teve a Copa Light de 2012, com a geração 2001. Jogadores como Marcos Paulo, João Pedro, Wallace, que eram promessas e hoje viraram realidades. Foi minha primeira conquista, jogando contra o Vasco, em São Januário, na categoria sub-11.

WhatsApp Image 2020-07-10 at 13.30.52
Josmiro de Góes, André Carvalho e os goleiros do Fluminense junto da Taça Rio. Foto: Arquivo Pessoal.

– Teve também o Estadual Sub-15 (em 2017), em que ganhamos os dois turnos com o Marcelo Pitaluga como goleiro. Um garoto que acompanhei desde a iniciação. Foram cinco anos trabalhando com ele. Tenho grande percentual na formação desse menino. Era franzino, maturou, foi aposta e virou realidade. Isso me fez sentir realizado. Ver o crescimento de um jogador que é uma das maiores revelações do clube, que chegou na Seleção de base.

Outro título que não sai da cabeça é o Estadual Sub-17 do ano passado. O fator superação do goleiro Cayo Felipe recebeu menção honrosa do preparador.

– Ele estava no primeiro ano de categoria, mas conseguiu suportar o desafio e se sair muito bem. Foi um título que ficou marcado nesse sentido.

Sem muito tempo para comemorações, Josmiro de Góes e o Fluminense se preparam para um novo desafio: a decisão do Estadual, em mais dois jogos contra o Flamengo. O primeiro deles acontece no domingo (12), às 16h, no Maracanã.